Currículo da Graduação - Engenharia Aeroespacial - Ano 2012

 

CURSO DE ENGENHARIA AEROESPACIAL

Ano2012

LEGISLAÇÃO
Decreto no 27.695, de 16 de Janeiro de 1950
Lei no 2.165, de 5 de Janeiro de 1954
Portaria no 52/GC3, de 1º. de Fevereiro de 2010, Ministério da Defesa
D.O.U. 02/02/10. Seção 1, Página 11.

CURRÍCULO APROVADO

1º Ano Profissional - 1º Período - Classe 2014

ASP-01  Introdução à Engenharia Aeroespacial              3 - 0 - 0 - 5
ASA-01  Mecânica dos Fluidos e Dinâmica dos Gases     4 - 0 - 2 - 6
EES-01  Análise de Sinais e Sistemas Lineares              3 - 0 - 1 - 6
ELE-16  Eletrônica Aplicada                                            2 - 0 - 1 - 3
MEB-25 Transferência de Calor                                      3 - 0 - 1 - 5
MTM-15 Engenharia dos Materiais I                               2 - 1 - 2 - 3
ASP-13  Projeto Sistemas Aeroespaciais: Missão         0 - 0 - 1 - 2
                                                                               17 + 01 + 8 = 26
   

1º Ano Profissional - 2º Período - Classe 2014

ASP-02  Mecânica Orbital                                            3 – 0 – 0 – 5
EES-49  Controle Automático de Sistemas Lineares   3 – 0 – 1 – 5
ASA-02  Teoria de Propulsão                                      4 – 0 – 0,5 – 6
ASA-03   Estruturas Aeroespaciais                             3 – 0 – 1 – 5
ASA-04   Aerodinâmica de Veículos Aeroespaciais      3 – 0 – 2 – 5
ASM-01   Metrologia                                                  2 – 0 – 1 – 4
ASM-06   Engenharia de Materiais para Aplicações Aeroespaciais     2 – 0 – 0,5 - 3
ASP-14    Projeto Sistemas Aeroespaciais: Sistema    0 – 0 – 1 – 2
                                                                                             20 + 0 + 6 = 26
   

2º Ano Profissional - 1º Período - Classe 2013

   

ASM-02     Controle Térmico                                  2 – 0 – 1 – 5
ASP-03      Dinâmica de Voo                                  3 – 0 – 0 – 5
ASA-05      Propulsão de Sistemas Aeroespaciais  3 – 0 –1 – 7
ASE-02      Comunicações para Aplicações Aeroespaciais   4 – 0 – 0 – 6
ELE-17      Eletrônica para Aplicações Aeroespaciais           2 – 0 – 1 –3
MPP-33     Técnicas Computacionais de Projeto Mecânico    3 – 0 – 2 – 5
ASP-19     Projeto Sistemas Aeroespaciais: Missão e Sistema     0 – 0 – 1 – 2
   

Especialização I
1) Ênfase em Navegação e Guiamento
ASE-04        Sinais e sistemas Aleatórios 3 – 0 – 1 – 6
                                                               20 + 0 + 7 = 27

2) Ênfase em Propulsão e Aerodinâmica
ASM-03   Máquinas de fluxo para Aplicações Aeroespaciais   3 – 0 – 1 – 6
                                                                                            20 + 0 + 7 = 27

3) Ênfase em Eletrônica para Aplicações Espaciais
CES-36   Redes de Computadores e Internet   3 – 0 – 2 – 4
                                                                      20 + 0 + 8 = 28

2º Ano Profissional - 2º Período - Classe 2013
ASP-10  Gestão de Projetos    3 – 0 – 0 – 5
ASP-12  Engenharia de Sistemas 3 – 0 – 0 – 3
ASE-01  Sistemas de Terra      3 – 0 – 0 – 5
ASE-03   Eletrônica Embarcada e Computador de Bordo     3 – 0 – 2 – 6
ASM-05  Vibrações Mecânicas para Aplicações Aeroespaciais 3 – 0 – 1 – 5
ASP-20  Projeto Sistemas Aeroespaciais: Projeto Detalhado e Manufatura  0 – 0 – 1 – 2

Especialização II
1) Ênfase em Navegação e Guiamento
EES-51  Engenharia de Controle  3 – 0 – 2 – 5
                                                                   18 + 0 + 6 = 24

2) Ênfase em Propulsão e Aerodinâmica

ASA-06   Motor-foguete a Propelente Líquido  3 – 0 – 1 – 4
                                                                             18 + 0 + 5 = 23

3) Ênfase em Eletrônica para Aplicações Espaciais
CES-37  Técnicas de Engenharia de Software   4– 0 – 1 – 5

                                                                         19 + 0 + 5 = 24

3º Ano Profissional - 1º Período - 2012
ASP-05  Confiabilidade de Sistemas Espaciais 3 – 0 – 0 – 3
ASP-06 Ambiente Espacial   2 – 0 – 0 – 3
ASP-17 Projeto Sistemas Aeroespaciais: Integração e Testes  0 – 0 – 1 – 2
   
Estágio *
   
TG
   
Trabalho de Graduação   0 – 0 – 8 – 8

Especialização III

1) Ênfase em Navegação e Guiamento
ASE-10  Sensores e Sistemas para Navegação e Guiamento  3 – 0 – 0,5 – 6

8 + 0 + 9,5 = 17,5

2) Ênfase em Propulsão e Aerodinâmica
ASA-07  Motor Foguete a Propelente Sólido  3 – 0 – 1 – 6

8 + 0 + 10 = 18

3) Ênfase em Eletrônica para Aplicações Espaciais
ASE-06  Sistemas Embarcados para Aplicações Aeroespaciais  2 – 0 – 2 – 6

7 + 0 + 11 = 18

*O estágio será realizado pelo aluno em tema de engenharia em empresa privada ou instituição pública e somente terá as suas horas reconhecidas e contabilizadas, para fins de atendimento a esta grade, após aprovação das atividades realizadas pelo aluno pela coordenação do curso de graduação em engenharia aeroespacial e Comissão de Currículos.

Especialização IV
Trabalho de Graduação 0 – 0 – 8 – 8

Especialização III
1) Ênfase em Navegação e Guiamento
ASE-05 Sensores para Navegação e Guiamento  3 – 0 – 1 – 6
15 + 0 + 9 = 24

2) Ênfase em Propulsão e Aerodinâmica
ASA-07 Motor Foguete a Propelente Sólido 3 – 0 – 1 –6
15 + 0 + 9 = 24

3) Ênfase em Eletrônica para Aplicações Espaciais
ASE-06 Sistemas Embarcados para Aplicações Aeroespaciais  2 – 0 – 2 – 6

14 + 0 + 10 = 24

3º Ano Profissional – 2º Período – 2012
ASP-07     Engenharia de Veículos Espaciais     2 – 0 – 0 – 4
ASP-08     Engenharia de plataformas Orbitais  2 – 0 – 0 – 4
MOE-43    Princípios de Economia     3 – 0 – 0 – 5
HUM-20    Noções de Direito    3 – 0 – 0 –3
MOG-61    Administração em Engenharia  3 – 0 – 0 – 4
ASP-04   GIntegração e Testes de Veículos Espaciais 2 – 0 – 0 – 3
ASP-18   Projeto sistemas Aeroespaciais: Lançamento e Operação     0 – 0 – 1 – 2

Trabalho de Graduação 0 – 0 – 8 – 8

Especialização IV
1) Ênfase em Navegação e Guiamento
ASE-08 Controle de Atitude 3 – 0 – 1 – 5
18 + 0 +10 = 28

2) Ênfase em Propulsão e Aerodinâmica
ASA-09  Aerotermodinâmica e Hipersônica 3 – 0 – 1 – 4
18 + 0 + 10 = 28

3) Ênfase em Eletrônica para Aplicações Espaciais
ASE-09 Redes de Comunicação a Fibra Óptica  3 – 0 – 0 – 6

18 + 0 + 9 = 27

Notas

Nota 1 - O aluno que estiver cursando o CPOR/SJ será dispensado da obrigatoriedade de Práticas Desportivas. Aos alunos dos demais anos dos Cursos Fundamental e Profissional serão proporcionados orientação e estímulo à participação em modalidades desportivas.

Nota 2 – A distribuição alunos/turmas para as matérias de Humanidades (HUM) será feita a partir da nota na prova de inglês do exame vestibular e de dados colhidos através de questionário/entrevistas aplicados pelos professores da área antes do início do ano letivo. O cruzamento e análise criteriosa desses dados indicarão quais das disciplinas de inglês o aluno deverá cursar no 1º Ano Fundamental.

Nota 3 – Os alunos, cujo nível de proficiência em inglês for considerado satisfatório, serão dispensados de HUM-10/11, HUM12/13 e HUM-66/73 e deverão cursar, a cada semestre e conforme disponibilidade da Divisão de Ciências Fundamentais, uma das matérias optativas, segundo o número de vagas disponíveis.

Nota 4 - Disciplina dispensada de exame final.

Nota 5 O TG Trabalho de Graduação é regulado por normas próprias e deverá ser um projeto coerente com a sua habilitação, sendo considerado disciplina curricular obrigatória.

Nota 6 - Disciplina Eletiva deve ser de Graduação, condicionada à disponibilidade de vagas e à aprovação da Coordenação do Curso, totalizando no mínimo 32 horas-aula. Em caráter excepcional: a) esta carga horária poderá ser totalizada através de uma ou mais disciplinas; b) quando oferecida por uma Instituição de Ensino Superior parceira do ITA, poderá ser cursada em outro semestre letivo.

Nota 7 – Disciplina ministrada à distância.

Nota 8 - Disciplina cujo aproveitamento final será feito através de conceito Satisfatório ou Não Satisfatório (S/NS).

Nota 9 - Disciplina obrigatória apenas para os alunos que optarem pelo estágio de 160 horas.

Nota 10 - Disciplina Optativa deve ser de Graduação ou de Pós-Graduação, condicionada à disponibilidade de vagas e à aprovação da Coordenação do Curso, totalizando no mínimo 48 horas-aula cada. Em caráter excepcional: a) esta carga horária poderá ser totalizada através de uma ou mais disciplinas; b) quando oferecida por uma Instituição de Ensino Superior parceira do ITA, poderá ser cursada em outro semestre letivo.