Fluxo de Atividades para Integração de Modelos de Sistemas Aeronáuticos: Caso KC390

Título da Tese: 
Fluxo de Atividades para Integração de Modelos de Sistemas Aeronáuticos: Caso KC390
Autor: 
Guilherme Dedecca Hernandes
Área de Concentração: 
Engenharia Aeronáutica
Turma: 
PEE15
Ano da Defesa: 
2013
Data de Defesa: 
07/03/2013
Orientador Principal: 
Celso Massaki Hirata
Resumo: 

Em projetos de sistemas complexos e de grande porte, como encontrados no desenvolvimento de aeronaves e veículos espaciais, é comum se iniciar com uma especificação parcial que será completada em etapas posteriores. Além disto, requisitos de dependabilidade com restrições de orçamento e tempo tornam o desenvolvimento destes sistemas mais difícil. Práticas de Model Based Engineering provêem a antecipação da validação das funcionalidades e arquitetura dos sistemas. Um sistema é composto de subsistemas com diferentes funcionalidades que em conjunto realizam o propósito do sistema. Assim, o uso das práticas de Model Based Engineering enfrenta o desafio de construir um modelo integrado do sistema cujas especificações estão incompletas e evoluindo constantemente. Este desafio é agravado pelo fato de que em geral os modelos são heterogêneos e construídos para serem usados individualmente. Neste trabalho é proposto um fluxo de atividades para o desenvolvimento de um modelo integrado de sistemas aeronáuticos. O fluxo de atividades proposto é baseado em uma abordagem iterativa para o desenvolvimento e integração dos submodelos devido a natureza evolutiva das especificações dos sistemas. O fluxo de atividades leva em consideração a heterogeneidade dos modelos em termos de plataformas, natureza, requisitos de desempenho e fidelidade. O fluxo aborda a identificação dos usos do modelo integrado, a definição da representatividade que os modelos têm que apresentar, a construção e integração incremental dos modelos de sistemas, a definição das plataformas de execução e análise e as atividades de apoio ao desenvolvimento. É apresentada a aplicação do fluxo de atividades no desenvolvimento de uma aeronave de grande porte. Uma avaliação qualitativa do fluxo de atividades foi realizada e o fluxo foi considerado eficaz em orientar as equipes de engenharia em relação as atividades necessárias para o desenvolvimento do modelo integrado. As equipes de engenharia envolvidas no estudo de caso perceberam ganhos em usar o fluxo de atividades em comparação com a abordagem tradicional adotada pela empresa. Os benefícios relatados incluem a identificação e validação antecipada dos requisitos dos sistemas, devido a um entendimento incremental de suas funcionalidades e interfaces, levando a especificações com melhor qualidade.